Casa de Repouso pra Idosos - Rio de Janeiro

CENTRO RESIDENCIAL GERIÁTRICO LA RESIDENCE

ALZHEIMER

ATENÇÃO FAMILIARES

O Centro Residencial Geriátrico La Residence é considerado há 20 anos a Ilpi mais completa na área da saúde e geriatria do Rio de Janeiro. Especializada em cuidar de idosos com Alzheimer somos referência para outras instituições na região, onde nos encaminham pacientes regularmente.

Nossa Visão, Missão e Valores é  informar e apoiar as famílias nesse momento delicado com informações e serviços para que tomem a melhor decisão. Segue informações importantes em relação a doença para que você esteja ciente de todos os recursos necessários para cuidar de um idoso com Alzheimer e outras doenças de curso inexoravél.

A sobrecarga do familiar que cuida do idoso é de todo tipo: física, social, econômica e, principalmente, emocional. Lidar com os sentimentos diante das mudanças e privações do próprio estilo de vida, das alterações do jeito de ser daquele familiar que agora tem comportamentos estranhos, causa angustia e ansiedade. Tudo isto é vivenciado com sentimento de culpa pela impaciência que ocorre algumas vezes em situações como, por exemplo, responder a mesma pergunta inúmeras vezes ao dia ou a alta dependência do paciente

O Alzheimer muda significativamente a rotina das famílias e os efeitos negativos são maiores para o familiar e que não devem ser ignorados uma vez que as chances dele adoecer são altíssimas. Isso é intensificado quando o familiar que cuida do idoso também é idoso ou tem problemas de saúde. Temos muitos exemplos de residentes que estão conosco para proteger o outro familiar da doença de Alzheimer e outras doenças degenerativas.

Attention.png

DOENÇA DE ALZHEIMER 

A doença de Alzheimer é um tipo de demência. As demências habitualmente acometem a população idosa. Apenas no Brasil, onde hoje há mais de 29 milhões de pessoas acima dos 60 anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), acredita-se que quase 2 milhões de pessoas têm demências, sendo que cerca de 40 a 60% delas são do tipo Alzheimer.

A doença de Alzheimer é a forma mais recorrente de demência neurodegenerativa entre as pessoas idosas. É a perda progressiva da função mental, caracterizada pela degeneração do tecido cerebral, incluindo a perda de células nervosa e acumulação de uma proteína anormal chamada beta-amilóide e o desenvolvimento de emanharados neurofibrilares. Causa da morte das células nervosas e perda do tecido em todo o cérebro, além da redução de nível de acetilcolina que é neurotransmissor que ajuda na memória, aprendizado e concentração.

Embora exista uma variação de acordo como os sintomas ocorrem, categorizá-los como sintomas precoces, intermediários e tardios ajuda as pessoas afetadas e familiares a terem uma ideia do que esperar. As mudanças de personalidade podem ocorrer no início ou posteriormente na doença de Alzheimer.

Muito se fala na literatura que a doença de Alzheimer é uma doença genética, sem cura, e quem tem na família pessoas com essa doença precisa apenas aceitar esse fato. Mas não é bem assim...

Cada vez mais estudos surgem evidenciando a relação da doença de Alzheimer com alimentação inflamatória e uma lista de hábitos prejudiciais ao cérebro, como noites mal dormidas e falta de atividades físicas. A parte genética assim como em todas as doenças tem sim sua influência, mas caso na família você tenha casos de doença de Alzheimer, vamos lhe dar uma boa notícia que você não precisa aceitar esse fato como seu destino e será possível que você faça escolhas que mudarão a sua vida.

Embora a maioria dos pacientes que desenvolvem a doença, sejam cuidados por um filho adulto ou cônjuge, poucos daqueles que assumem a função de cuidador receberam qualquer treinamento formal sobre como fornecer cuidados para demência em casa ou em qualquer outro lugar de moradia.

A demência é uma doença que causa danos ao cérebro. O prejuízo que isso causa cria confusão que pode ser desconcertante para a pessoa e em última análise, exaustiva para quem cuida. Além disso, desencadeia uma série de outros comportamentos que podem ser angustiantes para ambos.

Aqueles que estão passando por perda de memória ou declínio cognitivo devido ao Alzheimer ou outro tipo demência, assim como aqueles que cuidam deles em casa, entram em um mundo que pode ser estranho e confuso. Saber lidar com certos comportamentos pode melhorar significativamente a qualidade de vida de quem está desenvolvendo a doença.

RECURSO CONFIÁVEL

O Centro Residencial Geriátrico La Residence é um recurso para familiares que possuem idosos com demência e outras doenças degenerativas.

Nossa equipe Multidisciplinar especializada gerencia com maestria todas as situações, comportamentos e sintomas do dia-a-dia associados ao Alzheimer e a outros tipos de demência.

Oferecemos estratégias práticas usadas por nossos especialistas certificados e formados em cuidados com a demência, para que possamos gerenciar os desafios diários que acompanham o cuidado com esses idosos.

Screenshot (4).png

COMPORTAMENTOS COMUNS DE ALZHEIMER E DEMÊNCIA

  • Agitação

  • Declínio Cognitivo

  • Confusão

  • Depressão

  • Quedas

  • Paranoia

  • Perda de peso

  • Sono agitado ou insônia

AGITAÇÃO CAUSADA POR DEMÊNCIA

A agitação é um dos sintomas mais comuns da demência, e é particularmente perceptível à medida que a doença avança. O “pôr do sol” e as mudanças no final da tarde costumam fazer com que as pessoas com demência fiquem inquietas e agitadas.

AGITAÇÃO CAUSADA POR DEMÊNCIA

SENTIMENTOS 

Não subestime a importância dos sentimentos e do toque humano. Preserve a dignidade do seu ente querido, validando seus sentimentos de frustração usando um tom de voz gentil ou um toque de compreensão.

ATIVIDADES

Distrair ou redirecionar a pessoa sob seus cuidados para uma atividade diferente pode aliviar a agitação. Sugerimos um passeio, uma nova atividade, um lanche favorito, um cobertor confortável ou uma caixa de objetos familiares, como fotos de família ou itens colecionáveis. Ajudamos a mudar a perspectiva do idoso com demência com uma atividade diminuindo a agitação.

MEIO AMBIENTE

Foi comprovado que a criação de um ambiente confortável desempenha um papel no alívio dos sintomas de agitação na doença de Alzheimer. Minimize as distrações na sala, desligando a televisão e reproduzindo uma música suave e relaxante. Nossa equipe sabe a hora correta de fazer esses ajustes.

DEPRESSÃO CAUSADA PELA DEMÊNCIA

DEPRESSÃO CAUSADA PELA DEMÊNCIA

A doença de Alzheimer interfere com neurotransmissores no cérebro que afetam o humor.

A depressão é muito comum entre pessoas com demência, principalmente nos estágios inicial e intermediário. A equipe multidisciplinar do La Residence ao observar quaisquer sinais de depressão informa a família para que o tratamento adequado possa ser prescrito.

ISOLAMENTO SOCIAL

O isolamento social contribui para a depressão em pessoas com demência. Para combater esse fator de risco, recomendamos a introdução de mais oportunidades de socialização, como passeios programados. Levar seu ente querido a um parque ou restaurante favorito pode fornecer uma pausa muito necessária ou simplesmente peça a um bom amigo para fazer uma visita. Por esse motivo que os idosos no La Residence se sentem em casa e assistidos 24/7 pela equipe de enfermagem, multidisciplinar e os novos amigos que fizeram.

TAREFAS

As deficiências cognitivas associadas ao Alzheimer causam confusão que podem criar sentimentos de fracasso e desesperança. Planeje mais oportunidades para a pessoa com demência realizar algo pequeno todos os dias, como pôr a mesa para ajudar a aumentar a autoestima. Para lidar com essa questão temos a terapia ocupacional 7 dias por semana fisioterapia coletiva e individual 5 dias por semana e todas as outras atividades incluídas para que os idosos possam receber o estímulo necessário. O La Residence é uma Ilpi com total estrutura.

CONFUSÃO CAUSADA PELA DEMÊNCIA

A confusão é o resultado natural da perda de memória. Quando uma pessoa com deficiência de memória não consegue lembrar palavras para se comunicar ou como realizar atividades que costumavam ser realizadas com facilidade, torna-se uma luta preencher as lacunas causadas pelo esquecimento de tarefas comuns. Comunidades especializadas em cuidados com a memória encorajam as pessoas com demência a usar suas habilidades retidas, maximizando os sentimentos de liberdade e controle, enquanto reduzem as oportunidades de fracasso e sensação de confinamento.

CONFUSÃO CAUSADA PELA DEMÊNCIA

APOIO VISUAL

A perda de memória faz com que a pessoa se sinta desorientada no mundo, principalmente no que diz respeito ao tempo e ao espaço. O uso de recursos visuais como relógios ou placas pode ajudar a reorientar a pessoa e minimizar a confusão. Nossa equipe é treinada para sempre explicar para os idosos o que esta sendo feito e o horário para que eles entendam a importância das atividades naquele horário levando ao estimulo muito importante que é estar no presente.

COMUNICAÇÃO

Modificar a maneira como você se comunica com a pessoa sob seus cuidados pode aliviar ou até mesmo evitar confusão. Evite falar em frases longas ou dar instruções extensas, que são mais difíceis de entender para pessoas com demência. Para maior sucesso, dê apenas uma instrução de cada vez ou divida as tarefas em pequenos passos. A diferença de idade é um grande obstáculo na comunicação pode esse motivo treinamento continuo seguido de uma equipe especializada ajuda no tratamento.

ATIVIDADES

As atividades são um aspecto fundamental das comunidades de cuidado da memória construídas com um propósito, uma vez que ajudam os residentes a reter sua independência e senso de identidade pelo maior tempo possível. Substituir a confusão por atividades funcionais como dobrar toalhas pode fornecer uma distração e ajudar uma pessoa com demência a se reorientar no momento. Muitas famílias não entendem o poder da rotina para o idoso com Alzheimer e acabam deixando eles fazerem o que querem isso dificulta o familiar de cuidar do idoso. Por esse motivo uma equipe completa é necessária para diminuir o avanço da doença. Uma rotina elaborada por profissionais da área da saúde garante o estimulo necessário para melhorar a qualidade de vida do idoso. Algo que em casa se torna quase impossível não é verdade?

DECLÍNIO COGNITIVO CAUSADO POR DEMÊNCIA

DECLÍNIO COGNITIVO CAUSADO POR DEMÊNCIA

De acordo com a atualização de 2018 das Diretrizes sobre o comprometimento cognitivo leve da Academia Americana de Neurologia (AAN), não há medicamentos aprovados pela FDA para o tratamento.

Em vez disso, a maioria das intervenções médicas concentra-se em exercícios físicos, nutrição e saúde cerebral.

EXERCÍCIO FÍSICO

A aptidão física e a função cognitiva têm sido associadas de forma consistente nas pesquisas. Estudos também mostram que o exercício reduz a agitação e promove o sono. O Centro Residencial Geriátrico La Residence usa um programa de exercícios suaves que inclui caminhadas e, gradualmente, adicionamos atividades como danças e outras que nossos terapeutas ocupacionais usam sempre focando na demanda especifica do idoso em questão. Uma abordagem personalizada.

SAÚDE DO CÉREBRO

Novas experiências, ciclos de sono mais longos, música, leitura e até mesmo videogames e redes sociais têm um impacto positivo na saúde do cérebro e na cognição. Nos últimos anos, a pesquisa tem se concentrado em maneiras de manter e até mesmo regenerar novas células cerebrais e conexões neurais. No La Residence existem atividades em cuidados com a memória, treinamento do cérebro ou exercícios neurológicos que são frequentemente usados como uma técnica para aumentar a cognição.

DOCUMENTOS LEGAIS

Se e quando o declínio cognitivo progride é importante colocar os documentos legais em ordem. Reúna e organize documentos como apólices de seguro, certidões de nascimento e casamento, escrituras e hipotecas e um testamento. Também é um bom momento para atribuir uma curatela para a gestão financeira dos idosos. Sempre informamos, as famílias na importância de fazer isso antes de colocar o idoso na instituição e durante, também contamos com um jurídico para apoiar com as duvidas.

PERDA DE PESO CAUSADA POR DEMÊNCIA

Engolir é um reflexo aprendido e as pessoas com deficiência de memória muitas vezes “esquecem” como engolir. Pessoas com demência podem estar com fome, mas muitas vezes perdem a capacidade de compreender que a fome é a forma do corpo sinalizar que se deve comer. Por esse motivo um nutricionista especializado em geriatria é de extrema importância para poder fazer os ajustes na alimentação e também lidar com os casos mais avançados de gastrostomia e cuidados paliativos que acontecem quando a doença esta muito avançada. Tentar cuidar de um idoso em casa com essas necessidades diminui o tempo de vida dele e da pessoa que esta fazendo o mesmo.

 

Muitas família conseguem lidar com o Alzheimer nos estágios iniciais porem o nível intermediário e avançado demanda muitos recursos que acaba ficando inviável para a família e somente uma clinica especializada consegue atender.

AROMA

Os desafios de memória começam no início da doença, enquanto a memória sensorial dos alimentos favoritos perdura. Sabe-se que os cheiros associados a alimentos familiares ativam o cérebro, portanto, servir comida no “estilo familiar” é uma boa maneira de estimular o apetite. Isso acontece no La Residence no mesmo formato, incluindo outros idosos na mesa e alimentos coloridos com combinações que ativam a memoria.

LANCHES

Alimentos nutritivos melhoram a saúde e a qualidade de vida das pessoas com doença de Alzheimer. Fornecer muitos lanches e fácil acesso a frutas, biscoitos e vegetais evita a perda de peso. O objetivo é maximizar as oportunidades para o seu ente querido fazer a conexão entre comida e comer, aproveitando-as com frequência ao longo do dia. Por esse motivo nosso nutricionista elabora 6 refeições balanceadas diariamente e sempre  temos alguns vovós e vovôs que sempre pedem uma frutinha. Qualquer particularidade o nutricionista ajusta para que o idoso tenha uma equilibrada e saborosa refeição.

VISÃO

Mudanças na visão podem impedir que pessoas com demência percebam comida em uma mesa, porque normalmente fica abaixo do nível dos olhos. Os especialistas recomendam o uso de cores de alto contraste para chamar a atenção para os alimentos. Servir purê de batata em um prato azul ou louça de cores vivas, por exemplo, é uma estratégia popular. Outro detalhe importante é não ficar de pé enquanto você alimenta o idoso que precisa de apoio, isso compromete a alimentação, sente-se no nível dele e ele se alimentara melhor. São esses detalhes que fazem o La Residence uma referencia em cuidados avançados na área da saúde em geriatria e gerontologia.

QUEDAS CAUSADAS POR DEMÊNCIA

A segurança é uma preocupação máxima entre a equipe no La Residence e por um serio motivo. Pessoas com demência têm até cinco vezes mais probabilidade de cair e se machucar do que aquelas sem deficiência de memória. Uma queda pode facilmente levar a uma fratura de fêmur expondo assim os idosos ha inúmeros outros problemas de saúde inclusive a morte. Felizmente, existem medidas de proteção que você pode tomar para prevenir as quedas antes que elas aconteçam

EQUIPAMENTO ADAPTATIVO

Prevenir quedas no banheiro é fundamental. Instale barras de apoio, compre uma cadeira de banho ou banco e instale um chuveiro de mão e um assento sanitário elevado. Todas essas melhorias na casa não apenas tornarão sua casa mais segura, mas também tornarão sua vida mais fácil.

No Centro Residencial Geriátrico La Residence, o idoso sempre tem o apoio de 2 técnicos de enfermagem para ir ao banheiro e o banho é composto por uma equipe de 3 profissionais. Tudo pela segurança do idosos, para a prevenção de queda, uma vez que trabalhamos com idosos com idade avançada e declínio cognitivo.

SUPERFÍCIES

Pisos de madeira dura podem ser escorregadios, recomendamos o uso de sapatos com sola de borracha acoplados a degraus de escada antiderrapantes para evitar quedas. Evite encerar o chão e limpar respingos imediatamente. Por isso temos a manta hospitalar. Sempre colocamos as placas sinalizadoras de chão molhado para garantir a segurança

ILUMINAÇÃO

As quedas são menos prováveis de acontecer em um local bem iluminado.

Por esse motivo, temos uma iluminação perfeita além dos idosos terem 24 horas e 7 dias da semanas técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos com eles. Não adianta somente iluminação idosos com Alzheimer também sofrem de problemas de equilíbrio

COMPROMETIMENTO DO SONO CAUSADO PELA DEMÊNCIA

Problemas para dormir é um dos aspectos mais desafiadores da demência.

Pessoas com demência costumam confundir dias e noites. Devido às mudanças no cérebro, o ritmo circadiano é interrompido e o sono profundo que o corpo humano necessita, é difícil de alcançar.

COMPROMETIMENTO DO SONO CAUSADO PELA DEMÊNCIA

LUZ DO DIA

A exposição à luz natural ajudará no ritmo natural do corpo para acordar e dormir! Abrimos as cortinas e certificamos de que as luzes estejam acesas durante o dia para promover a vigília. Isso tudo é acompanhado pela nossa equipe metodicamente para garantir que o idoso consiga dormir e melhore sua saúde. Acredite uma rotina repleta de atividades faz milagres para os idosos.

ROTINAS

No La Residence temos  as programações diárias, que contribuem para a promoção do sono. As refeições são servidas e o banho no mesmo horário todos os dias para ajudar a estabelecer rotinas que podem facilitar as transições. Em casa isso muitas vezes não acontece, comprometendo a nutrição, sono, qualidade de vida do idosos e da família. Não é verdade? Muitos familiares acabam adoecendo tentando cuidar de um idosos que precisa de cuidados 24 horas. Temos uma equipe completa especializada para garantir essa atenção trazendo assim para você e sua família mais bem estar para poder fazer as visitas e trazer o amor necessário que o seu familiar precisa.

ILUMINAÇÃO

A equipe multidisciplinar e o Nutricionista elaboram um cardápio de refeições e lanches se certificando que a cafeína é evitada, um estimulante do sistema nervoso que interfere no nível natural de excitação do corpo bloqueando os sinais normais de sono do cérebro.

OBTENHA A AJUDA NECESSÁRIA

TRATAMENTO PARA O ALZHEIMER

Lembre-se de que a demência é uma doença que causa danos ao cérebro. 

A deficiência cerebral cria confusão que desencadeia outros comportamentos que podem ser angustiantes tanto para a pessoa responsável por cuidar quanto para a pessoa sob seus cuidados.

Não há nenhum teste específico que sozinho faça o diagnóstico de demência ou doença de Alzheimer. É baseado no histórico clínico, exames físicos e neurológicos, testes de laboratório, imagens cerebrais, sintomas e comportamentos.

Um  Residencial Geriátrico especializado em idosos com Alzheimer ajudará seu ente querido a se sentir conectado e envolvido com a vida, enquanto você faz uma pausa necessária para preservar sua saúde

Alzheimer é uma doença progressiva. É importante reconhecer que seu ente querido pode eventualmente precisar de cuidados além do que você pode cuidar sozinho. O Centro Residencial Geriátrico La Residence fornece assistência, recursos e o mais alto nível de atendimento certificado para demência, quando você precisar.

TRATAMENTO PARA O ALZHEIMER

A agitação pode ser tratada com fármacos específicos e com as terapias instituídas.

Nem tudo é medicação, até porque não existe até hoje um fármaco que seja infalível para curar a doença. O que irá trazer um retardo no progresso da doença é o cuidado especializado com as diversas terapias que são  instituídas, os diversos estímulos que favoreçam a praxia construtiva, unidos a todo o carinho e atenção humanizada.

Somos uma equipe especializada, sem perder a capacidade de AMAR.

Somos Gente que cuida Gente!

Isso faz com que nossos idosos tenham um serviço altamente especializado, humanizado e diferenciado. Bem vindo ao Centro Residencial Geriátrico La Residence.

TRATAMENTO PARA O ALZHEIMER

NOSSA UNIDADE

Conheça nossa unidade muito bem localizada na

Zona Norte na Tijuca, Rio de Janeiro.